2 de agosto de 2010

Uma longa viagem - Fábrica de Letras

Chega a uma altura em que iniciamos uma viagem de encontro aos nossos pensamentos. Nesse dia afundamo-nos na vida, no momento presente, no aqui e agora, na oportunidade única, que não se repete. Os momentos não se repetem. O aqui e agora acontece em qualquer lado. Não há tempo para descansar, o dia e a noite desaparecem, perduram apenas num perfume que se dispersa. Num momento tudo muda, para sempre. Sempre que procuramos coisas novas, desconhecidas, de uma forma confiante e também vulnerável, a vida torna-se na maior aventura. Eu gosto de aventuras. Parece-me que afinal os sonhos não são desejos recalcados. Se fossem, eu não andaria a sonhar com tamanhos despropósitos. É que no admirável mundo novo nós só teríamos duas hipóteses, neste temos mais. Temos tantas hipóteses que nos damos ao luxo de experimentar várias delas. Quais regras ou valores sociais. A procura da Felicidade Máxima vai-se encontrando nos pequenos momentos. E a única forma de compreender isso será com o coração e jamais com a razão em palavras ditas ou escritas.

21 comentários:

AR disse...

Viajar dentro de nós mesmos. Uma grande viajem. Vou seguir esta casa :)

Natália Augusto disse...

Há sempre surpresas nestas participações e esta é uma delas. Para além das verdades contidas no texto, bem escrito, positivo, há uma frase a reter (eu deveria retê-la que sou pessimista de mais!): «A procura da Felicidade Máxima vai-se encontrando nos pequenos momentos.»
Soberbo!!!

:))

Tulipa disse...

Ar, obrigada. vou fazer-te uma visita.

Natália, sobre o pessimismo digo-te o que li algures “Enjoy your worries, you may never have them again”.

Kisses

Catarina Reis disse...

Esse passeio de encontro aos nossos pensamentos é feito todos os dias.
Fantástico texto Tulipa.
Bjs

El Matador disse...

A felicidade não é exterior a nós.
Bom texto Tulipa.

Sandra disse...

Uma viagem super interessante. Gostei.
Sempre temos nosas formas de viajar. Carregamos nossas malas de belos e bons fluidos.
Uma longa e bela viagem. além de ser um pouquinho Longa não é mesmo. Nossas viagem de diversas maneiras. Também estou participando. Interação de amigos juntos nessa longa viagem.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
Um grande abraço,
sandra

O mundo tem suas diversas maneiras de viajarmos.
Vamos nessa..
Carinhosamente,
Sandra

JB disse...

Ando sempre com pensamentos nas "mãos" de momentos que nunca serão iguais, mas que fico feliz por acreditar que podem "voltar".
Gosto das aventuras da vida e quando são a concretização de sonhos que pensamos não se realizarem... o desfrutar do momento é ímpar!

Gostei muito do seu espaço e da sua forma de escrever, tão natural, tão humana!
Parabéns!
Beijinho

Tulipa disse...

Obrigada catarina. Eu faço diariamente.

Matador, não é mesmo. Obrigada.

Sandra, bem-vinda.

Jb, obrigada. Volta sempre.

Rafeiro Perfumado disse...

Eu acho que há momentos que se repetem. Quando abro a prenda de Natal que a minha tia me dá, por exemplo. Poderia jurar que é dejá vu em estado puro!

Tulipa disse...

Só tu rafeiro para te lembrares do natal no mês de agosto :)

Meio Cheio disse...

O que melhor temos a fazer é deixar de procurar respostas no tempo e procurar em nós e em todas as pequenas coisas...é ai que a felicidade está...essa pode ser eterna se bem vivida, ja o tempo e a vida não passam de efemeridades =).

A casa não é para mim...mas obrigado pelas dicas, serão transmitidas =)

Beijinho*

Tulipa disse...

meio cheio, o melhor é aproveitar bem o verão :) kisses

Pedro Bom disse...

Ou muito me engano ou anda aí muito LOVE!!
bj

Tulipa disse...

Pedro, este é um blog cheio de amor.
kiss

Pedro Bom disse...

Uiiiii, então dá-me um bocadinho!! eheheh

Tulipa disse...

Pedro, este é um blog cheio de amor e público, leva quanto quiseres.

Pedro Bom disse...

Fazer o amor em público é um crime punido, achas que quero ser incriminado por atentado ao pudor?? eheheh

Catsone disse...

Tulipa, viver o momento parece ser mais difícil do que lembrar o passado e pensar no futuro. Deve ser por isso que temos lições de história na escola e cada vez mais "futurologistas" no mercado. E deve ser por isso que temos um presente tão pouco cuidado como o que vivemos.
Gostei muito do texto, btw.
Bj

Tulipa disse...

Catsone, gostei muito do comentário. kiss

MZ disse...

A viagem a nós mesmos é sem dúvida a mais longa viagem que o ser humano pode experimentar e realizar.
As escolhas, são tantas, mas paradoxalmente limitadas quando aos nossos sonhos se fecham portas e mais portas...
E embrenhados neste admirável Mundo Novo, muitas vezes, é preciso parar e perguntar; estarei eu no caminho certo?

Também concordo que a felicidade encontra-se nos pequenos momentos...
E, tbm gostei mto do texto :)

bj

Tulipa disse...

Obrigada MZ.