24 de março de 2010

Não há fome que não dê em fartura

Numa altura em que se acumulam dúvidas existenciais, problemas financeiros, crises emocionais, solidão, stress e tantas outras maleitas aparentemente inultrapassáveis, é de partilhar que descobri que a sabedoria popular há muito tempo que se debate com todos estes problemas e tem afirmado, optimisticamente, que o pior ainda está para vir. Qual profecia Maia. É que segundo a sabedoria popular, não há fome que não dê em fartura. E escusam de me dizer que o provérbio está mal interpretado porque cada qual puxa a brasa à sua sardinha.

8 comentários:

Catarina Reis disse...

Olá Tulipa, infelizmente sou obrigada a concordar contigo, o pior parece que está mesmo para vir. Temos que ter pensamentos e atitudes positivas para vencer na vida, mesmo que tenhamos que matar a fome na brasa com a sardinha na fartura.

Helga disse...

Pessoalmente acho que é mais fácil interiorizar que o pior ainda está para vir, do que fazer alguma coisa enquanto ainda estamos no 'melhor'. Mas também posso estar enganada...

Kisses :)

Helga disse...

PS: Só para dizer que gostei muito do tom rosa... muito primaveril. Ficou bonito.

Kiss

Tulipa disse...

Catarina, pensamento positivo sempre! ;)

Tulipa disse...

Helga, obrigada. Temos que colorir a vida! ;)

Rosa disse...

Nunca nada está tão mau que não possa piorar... ;)

Brown Eyes disse...

ahahahah Pois, o pior está mesmo para vir, queria era saber quando chega. Sabes? Os maias dizem que é em 2012, não é? Beijinhos

Tulipa disse...

Olha Brown, eu acho que vai chegando todos os dias um pouco...não fiques à espera de 2012, vive como se fosse já amanhã ;) assim ficas com a certeza que não foste apanhada desprevenida! bj