28 de dezembro de 2010

New York, I Love You

Eu gosto da passagem de ano, e gosto de festas em geral. Adoro locais com muita gente, em grande exteriorização de emoções, como por exemplo concertos de música. Já tentei fazer o mesmo raciocínio para tentar gostar de ir ao centro comercial, ou somente para ganhar coragem para ir a um supermercado, mas não resulta. Também não participei na greve geral, mas foi por outros motivos que não vêm ao caso. Isto para vos dizer que sempre que me perguntam onde é que gostava de passar a grande noite, a minha resposta é que gostava de passar na rua. Gostava de passar em NY, em Paris, em Londres, em Praga, em Roma, mas também podia ser em Lisboa ou em qualquer outra cidade do país. A verdade é que não convenço ninguém que amo para cometer tal proeza, vá-se lá saber porquê. Também é por essa razão, que a única tradição de ano novo que ainda não quebrei foi ir à janela, quintal, ou porta da rua dependo dos locais onde estou, assistir ao barulho que se faz após as 12 badaladas. Adoro o barulho da alegria e da euforia, sim eu sei, eu sei que é meio estranho. Houve um ano que convenci o corajoso, que estava cego de paixão, e passei a meia-noite no Terreiro do Paço. Para além da observação sociológica de tal acontecimento, e embora tenha aberto a garrafa de espumante antes da hora, o que explica em grande parte todos os meus acontecimentos de vida nesse ano que entrou, a experiência foi positiva o suficiente para continuar a desejar passar o ano na rua. Mas, embora goste de assistir a manifestações de emoções e afectos dos outros, gosto principalmente de participar nas manifestações de emoções e afectos daqueles que amo e, na hora da escolha, fico com eles.

12 comentários:

tadeu disse...

ola!
o segredo de um bom ano esta em abrir uma garrafa de champagne antes da hora? :)
parece me excelente escolha participar nestas manifestações com pessoas que gostas.
espero que seja assim na virada do ano!
diverte-te :)
besito!

El Matador disse...

Tu queres é ajuntamentos. :)

PP_FANTASMA disse...

Para estar na rua, em Lx tens os Fúria do Açucar...e uns tipos conhecidos por Xutos e Pontapés:)

Tulipa disse...

Tadeu, o segredo de um bom ano está em não ter hora para abrir a garrafa! diverte-te tu também!


Matador, só tu é que me entendes!


PP, eu pensava que o João Melo já se tinha reformado, pena que não!

Rafeiro Perfumado disse...

Eu quero um ano passar a meia-noite em Praga. Grandes ajuntamentos não me convencem, passei uma vez no Terreiro do Paço e aquilo eram demasiadas garrafas de cerveja a voarem para o me gosto.

Beijoca!

Tulipa disse...

Rafeiro, em Praga também atiram umas bombinhas assustadoras :)
Há que assistir com a devida distância de segurança.
kisses

luisa disse...

Eu ou vou para a alegre confusão de Albufeira, ou faço uma alegre confusão com tampas de panelas no alto da minha varanda... o barulho está garantido... :)

Tulipa disse...

Festeja sim luisa, com muito barulho! :)

Brown Eyes disse...

Vim desejar-te um excelente 2011. Beijinhos

Tulipa disse...

Um excelente 2011 para ti também Brown Eyes! beijinho

Malena disse...

Espero que consigas convencer o teu amado! Eu vou ficar com o meu no quentinho da sala, a fazer o que a imaginação pedir e a flexibilidade física nos permitir! Eheheheh!
Bom ano, Tulipa! :))))

Tulipa disse...

Um optimo ano novo malena!