3 de abril de 2010

Estou flippada

Estive a jogar flippers. Não consigo entender o objectivo de jogo da máquina de flippers.Assim como não entendo a chuva no verão, os relógios de pulso e as pessoas que não bebem leite porque provem da vaca.
Se eu escrevesse um argumento para um filme, teria com certeza um diálogo existencial tendo como cenário uma máquina de flippers. Aliás, lembro-me de alguns filmes onde ela está presente e que povoam o meu imaginário.
O jogo é entre mim, uma bola e a lei da gravidade. O meu objectivo deveria ser marcar pontos até que a mão me doa. Não deixar que a gravidade faça cair a bola entre as duas pequenas batutas que orquestram o jogo. Mas o que eu gosto mais é dos sons e das luzes. É um jogo de agilidade, dizem. Só alguns aprendem a jogar. Para mim é um jogo de arremessar emoções. Quanto mais à pontinha da batuta a bola bater, maior a velocidade e maior a confusão de luzes e sons. E, todos os que jogam pinball sabem que, quanto maior a velocidade que a bola levar maior é a probabilidade de perder-se o controlo do jogo. Porque, como alguém já escreveu, o que interessa não é a velocidade mas sim a direcção. Assim, o meu objectivo deveria ser orientar a bola para tocar onde se ganha mais pontos. Essa é a verdadeira regra do jogo. Mas eu gosto de jogar à bruta.

3 comentários:

Gingerbread Girl disse...

"Os Acusados" com a Jodie Foster... ora aí está uma máquina de flippers que ficou para a história. :D

Meio Cheio disse...

Ai os belos flippers à anos que não jogo! Epa tu és de literatura não és? Tiras-te o curso algures nessa área não? É que adoro o modo como desfragmentas as coisas e consegues extruturar para lá do convencional...é-me tão familiar!

Boa páscoa*

Tulipa disse...

Meio Cheio, boa Páscoa! Não sou de literatura, não;) mas gosto muito de ler. Ando metida no meio das Ciências Sociais e Humanas...umas vezes mais sociais outras mais humanas.

Ginger, yap, grande filme os acusados ;) e tinha flippers;) todos os grandes filmes têm, nuns vê-se noutros imagina-se;)

kisses às duas e boa Páscoa!