4 de abril de 2010

Be Stupid

Fui ver a peça do Rei Édipo e gostei muito. Até aconselhava, mas já saiu de cena. É claro que a história já conhecia, mas não deixei de me questionar sobre o sentido daquele mito. Se não é bonito matar o pai e dormir com a mãe, também não acho lá muito engraçado que ele tenha furado os próprios olhos por ter feito uma coisa que não tinha culpa. Além do mais o destino estava traçado. É que pagar por pecados que não se sabia estar a cometer não é justo. E a justiça, segundo dizem, é o pilar do mundo civilizado. Mas a peça é uma tragédia grega. Hoje em dia isso já não aconteceria, já ninguém carrega culpas de coisas que não fez e além disso já se fazem análises de ADN que torna a identificação da paternidade muito mais fácil. O que me fez logo pensar na nova campanha da Diesel, Be Stupid. A culpa, no nosso tempo, deve-se a estas campanhas. Incentivam-nos a viver a vida como se não houvesse amanhã e depois a única coisa que nos resta são os acessórios e as calças de ganga a preços exorbitantes. Eu, embora não compre Diesel, aproveitei a desresponsabilização. Quero ser estúpida.


4 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Hoje em dias as pessoas já não carregam as culpas nem do que fazem... quanto mais.

Vendo DIESEL na minha loja. Eu não sei bem do que fazem os jeans, mas deve de haver lá fio de ouro misturado pelo meio... é que 150€ pela calça mais básica, é dose!
De qualquer das formas, da maneira como isto está, não vou ter de me preocupar com o preço dos jeans muito mais tempo.

p.szito, eles têm uma pub tão fixe, que às vezes até me dói o coração por ter de meter os posters no lixo.

*

Catarina Reis disse...

Concordo com a Gigerbread Girl, as pessoas fazem tudo para não assumir a responsabilidade dos seus actos, entrando num jogo muito popular, o jogo do empurra. `
Marcas à parte, no local onde trabalho à sexta-feira tenho à porta uma feira dos ciganos, e eles não são nada parvos vendem e vendem e vendem "calcinhas da marca são só 5 Euros", é tudo uma opção de escolha, ou de Euros.

Meio Cheio disse...

Os produtos da diesel são tão caros que dá dó...mas têm coisinhas fofinhas (para quem está disposto a pagar...). eu adoro a campanha deles...afinal de contas é a melhor maneira de realmente viver a vida...senão nem a estamos a viver!
Be stupid ;)*

Helga disse...

E hoje em dia temos tanto em quem por as culpas... ele é sociedade, ele é stress, ele é um mar de oportunidades para nos descartarmos das nossas responsabilidades e termos desculpa para tudo, para bater no professor, no aluno, para molestar crianças, para despedir sem justa causa, enfim para tudo!

Quanto à Diesel, confesso que aqui há uns anos, quando era ainda uma rapariguinha solteira e não tinha que pagar nem água, nem luz ou coisa nenhuma, investia muito nessa e noutras marcas igualmente modestas. Ainda tenho algumas peças, nomeadamente um cinto que venero e não deixo ninguém usar.

Esta campanha está super original, mas receio que muita gente seja realmente estúpida e não entenda a mensagem nela explicita. Há que viver no limite e não fora dos limites.

Já não fui a tempo de ver o 'Rei Édipo', fiquei com pena. Prioridades! Mas ainda bem que valeu a pena.

Kisses :)