11 de setembro de 2012

Expliquem-me


Expliquem-me como se eu fosse muito burra. Podem mesmo partir do pressuposto que sou burra. Se no facebook, que agora é uma coisa pública e tem definições públicas que deviam ser privadas e que se devia por o rato na foto e não clicar e depois definir aquilo que é nosso do que é vosso…perdi-me…não sei bem se perceberam… Bem, se no facebook dizem que o mundo em geral e também várias instituições e organismos da união europeia, e até das nações unidas, estão contra as medidas de austeridade porque é que elas vão continuar a ser implementadas? Se assim for, faço minhas as palavras do coitadinho do António e piro-me, ou não. Eu gosto mesmo disto, de ir à fonte da telha dar um mergulho, da temperatura da água, da areia, de tudo.

6 comentários:

Malena disse...

Há coisas na política dos nossos governantes que ninguém consegue entender...

Tulipa disse...

É mesmo difícil...

Catarina Reis disse...

Não tem explicação... no fundo são tudo estratégias para gerar o caos e a confusão. Beijos

luisa disse...

Não vás... ainda não se paga para passear pela areia macia da praia nem pela temperatura da água do mar :)

Pp_FANTASMA disse...

Explica lá isso do público/privado...(burrice é comigo)

Tulipa disse...

Catarina, está instalada a confusão. beijinho

luisa, não vou não :)

Fantasma, não tem explicação :)