5 de novembro de 2010

Faz festas, a ver se cresce



Eu adoro massagens, daquelas tipo palpação ou apalpação também, com força e mais ao de leve, festas é que não. A única parte que cresce quando se faz festas eu não tenho. E não sou uma lâmpada mágica. A lâmpada mágica do Aladino tinha um efeito especial quando lhe faziam festas, saía um génio que satisfazia desejos. Mas eu não. Por isso mesmo, por essa razão, e por outras, massajem-me o ego mas não me façam festas que aqui dentro nada cresce. É que nem a admiração cresce assim.

13 comentários:

anouc disse...

Então e se for só esfregar com força? O que é que acontece?

El Matador disse...

Então e festas surpresa?

Malena disse...

Ahahah! Eu costumo dizer exactamente o mesmo! :))

Tulipa disse...

anouc, se esfregares muito tiras a camada protectora e o resto fica à vista.

Matador, gosto de surpresas.

Malena :)

Brown Eyes disse...

ahahah Comigo também nada cresce, diminui é a confiança na pessoa. Beijinhos

Tulipa disse...

Brown Eyes, a mim tb :)

Lala disse...

eu estou como tu... ou é ou não é!
Bjs!

Rafeiro Perfumado disse...

Estava aqui a pensar que quando me fazem massagens... bom, este blog é sério, vou ficar calado!

Tulipa disse...

Lala, é mesmo assim :)

Rafeiro, ladras? :)

Catarina Reis disse...

Umas festinhas amigas, são algo raro, a maior parte das pessoas não gosta de manifestações de afecto, mas eu não me posso queixar.
Boas massagens
Beijos

Tulipa disse...

Eu gosto de manifestações de afecto, sentidas e verdadeiras. kiss

Sofia disse...

Festinhas fazem-se aos gatos e aos cães ;-)
Beijinhos,Sofia

Tulipa disse...

É o que eu acho Sofia :)