11 de abril de 2010

É um Engano

É um Engano.
A maior parte das coisas que diz, não sente.
A maior parte das coisas que sente, não diz.
Diz que não, quando quer dizer sim.
Diz sim, quando quer dizer não.
Quando faz, diz que não foi ela.
Quando não faz, diz que já fez.
Aprecia a degradação, quando vê o belo.
Vê o belo, na degradação.
É original, quando devia ser convencional.
É convencional, quando devia ser original.
O possível, não a satisfaz.
Deseja o impossível.
É a farsante da sua própria história.

9 comentários:

Catarina Reis disse...

Creio que não é um engano, é na verdade a realidade de muitas pessoas que procuram a todo o custo ser aquilo que não são... verdadeiras.
Bjs Catarina

Rafeiro Perfumado disse...

E no entanto só se engana a si, não?

manjedoura disse...

muitas vezes somos uma farsa de nós próprios.
;)

Tulipa disse...

E não andamos todos por aí a representar um ou vários papeis!? ;)

nuno disse...

Agora andava aqui feito parvo à procura do botão "like" do facebook !!! (preciso de ajuda!!!)

Acho que para além da representação também pela eterna insatisfação do ser!

Tulipa disse...

Nuno, tenho o facebook bloqueado no trabalho, não posso ajudar!
A eterna insatisfação, leva-nos a procurar sempre mais e mais e aumenta a oportunidade de encontrar o que quer que procuremos ;)

Tulipa disse...

amanhã devo ter o blogger ;) ai não que já saí ...

Luis Baptista disse...

quem ouve bauhaus só pode merecer a minha máxima consideração.

Spark disse...

Grande tema! ;)