23 de fevereiro de 2010

Há algo de contraditório em tudo isto

Pára tudo, que eu preciso de ajuda. Este mês é o mais pequeno do ano. E, não consigo explicar porque demorou tanto a passar. O mês tem 28 dias, 3 consagrados a férias e 8 de descanso. E, ainda faltam 5 dias para acabar. Não foi excesso de dias de trabalho. Será excesso de tempo livre? E se um dia tivesse 12 horas, faria tudo o que faço em 24 horas mas mais rápido? Ou tinha que viver o dobro dos dias, para conseguir fazer tudo aquilo a que me proponho? Estranha forma de viver o tempo.

4 comentários:

Helga disse...

Tulipa, a vida é mais simples quando pensamos menos nela!

Kiss :)

Brown Eyes disse...

Tulipa aceita o conselho da Helga. Não penses muito na vida, não vale a pena. Tulipa passa no meu blog, há lá uma lembrança para ti.

nuno disse...

se os dias tivessem 36 horas apenas serviriam para esticarmos o que tinhamois para fazer, ou aproveitarmo para fazermos mais ainda ! O tempo no fundo é o que fazemos dele.

SkullBo disse...

De facto o tempo passa muito devagar quando estamos a pensar no dia de amanhã, mas se nos distrairmos com outras coisas o tempo passa muito mais depressa.

Bjs