20 de junho de 2008

Metro III

Be aware of pickpockets
Está a chegar o verão, e com esta estação do ano, chegam mais turistas à nossa capital. Se durante todo o ano eu assisti por duas vezes a senhores a pickpocketar as malas alheias e, uma dessas vezes tive o prazer também de assistir à revolta dos Srs. Passageiros, que heroicamente, expulsaram os carteiristas de dentro da carruagem sob ameaça de um linchamento, neste mês, tem vindo a ser diário. Dei por mim, a fazer olhinhos a uma senhora, com o objectivo de a alertar para a proximidade de um ladrão que estava a mexer-lhe na mala, depois de ter dado um berro “cuidado com as carteiras” e de todas as pessoas presentes na carruagem terem ficado a olhar para mim, como se eu tivesse acabado de roubar alguém ou ter um surto psicótico. A verdade é que, mesmo as caras sendo conhecidas, os carteiristas tendem a ser os mesmos, todos os utentes habituais já os identificam e ninguém faz nada. Ou seja, a única coisa que podemos fazer é proteger as nossas carteiras e num acto heróico avisar os outros, porque avisar a segurança do metro garanto que não serve de nada.

4 comentários:

edson marques disse...

Espanta-me que em Lisboa as coisas também já estejam a este ponto!

São Paulo, sim, está cada vez mais.


/// Abraços, flores, estrelas...

Edson Marques disse...

Aqui, agora, aguardamos a primavera...


Deliciosamente!

Pepe Luigi disse...

É UMA GRANDE REALIDADE!
Quer-se dizer ou mesmo dizendo, que na multidão quem alerta para os perigos de um carteirista, pela braveza de um berro oportuno, é na realidade dado como um demente.
É pena que a moleza das pessoas chegue cada vez mais à sua forma de raciocínio. Dá pena!
Continuemos a lutar pela veracidade, contra a marginalidade e corrupção.

Monika disse...

Olá, vim retribuir a visita, muito obrigada pelo comentário. Tenho de ser mais sistemática com o meu blogue e mais atenta ao andar de metro, porque vivo em Lisboa há 1,5 ano e nunca tinha reparado nos carteiristas...beijos!